domingo, 1 de fevereiro de 2015

A conscientização sobre a água pode surgir da crise...

Se é da crise que surge as mudanças, estamos vivenciando um momento oportuno para o ser humano pensar em suas atitudes em relação ao uso da água e na sua relação com o meio ambiente. 
Só considerar a crise da água pelo viés da negatividade é desacreditar nas possibilidades da especie humana em buscar o equilíbrio. 
Acredito na teoria da evolução da espécie de Darwin. Porém, considero a palavra evoluir neste sentido pejorativa,  no sentido de que o homem não se transformou de um ser inferior a ele, apenas se transformou. Agregou características diferentes, não melhores.
Esbocei minha opinião acima sobre a teoria da evolução, afim de fazer uma analogia com a evolução (transformação) sobre a conscientização e mudanças de atitudes em relação ao meio ambiente.
Vejo que novas ideias vem sendo colocadas em prática,  penso em que nenhum outro momento o ser humano se tornou tão consciente da importância da convivência em equilíbrio com o meio ambiente.
Não acredito que mudanças vem do dia para  a noite, principalmente pelos relatos que observo a história inteira da existência humana foi de exploração do meio ambiente. É um processo, como a ideologia da teoria da evolução, vamos tomar consciência, ter mudanças de atitudes graduais de modo que no futuro outras gerações já tenham introjetado estes novos hábitos. 
Infelizmente a nossa preocupação ocorre quando passamos pela situação. Ficar sem água, pode gerar mudanças de atitudes.
Prefiro acreditar de que isso acontecerá ao invés de compreender apenas um lado do prisma. A questão é que o planeta tem pressa e as novas ideias precisam ser colocadas em prática.
Vamos diminuir o pensamento de evolução (não somos superiores), e sim de nos transformarmos em prol de nós e da natureza.

4 comentários:

C. Morais disse...

Foto muito bonita e texto mais ainda. Gostei demais da reflexão e tens razao,se não agora, quando colocaremos as ideias que não machucam o planeta em prática ? O foda é que infelizmente o DINHEIRO manda na nossa alma e não faremos nada a menos que seja lucrativo. Desejo muita iluminação prós próximos governantes resolverem este problema com humanidade. Um beijo !

www.eunomadiando.blogspot.com.br

Elisa Mello disse...

Seu post faz um grande sentido!
Acredito até que se a água te tornar realmente escassa no planeta os seres que nele vivem terão que se adaptar isso, como nas teorias de Darwin. hehe
amei a foto, é sua? *-*

Amanda Ribeiro disse...

Eu estava pensando exatamente isso esses dias. Assim como depois da II Guerra Mundial as pessoas mudaram seu comportamento ensinando seus filhos a buscarem segurança em um trabalho estável, acredito que a falta de água trará 'sequelas' com boas consequências em relação a seu uso.

Washington Albuquerque disse...

É um pensamento interessante, mas de fato o ser humano é a espécie que só se aprimora quando está por um fio, parece que enquanto a água não bater no pescoço, está tudo bem, teimosia ou ignorância, não sei, acho que só não desequilibrou ainda pois há exceções que pensam diferente. Gostei do seu texto e também da foto *.*

xoxoxo

Postar um comentário

 

Template by Best Web Hosting